Conselhos

O que é condução?

O que é condução?

Condução refere-se à transferência de energia através do movimento de partículas que estão em contato umas com as outras. Na física, a palavra "condução" é usada para descrever três tipos diferentes de comportamento, que são definidos pelo tipo de energia que está sendo transferida:

  • Condução de calor (ou condução térmica) é a transferência de energia de uma substância mais quente para uma mais fria através do contato direto, como alguém tocando a alça de uma frigideira de metal quente.
  • Condução elétrica é a transferência de partículas carregadas eletricamente através de um meio, como a eletricidade que viaja pelas linhas de energia de sua casa.
  • Condução sonora (ou condução acústica) é a transferência de ondas sonoras através de um meio, como vibrações de música alta passando através de uma parede.

Um material que fornece boa condução é chamado de condutor, enquanto um material que fornece má condução é chamado deisolador.

Condução de calor

A condução de calor pode ser entendida, no nível atômico, como partículas que transferem fisicamente energia térmica à medida que entram em contato físico com partículas vizinhas. Isso é semelhante à explicação do calor pela teoria cinética dos gases, embora a transferência de calor dentro de um gás ou líquido seja geralmente chamada de convecção. A taxa de transferência de calor ao longo do tempo é chamada corrente de calor e é determinada pela condutividade térmica do material, uma quantidade que indica a facilidade com que o calor é conduzido dentro do material.

Por exemplo, se uma barra de ferro é aquecida em uma extremidade, como mostrado na imagem acima, o calor é entendido fisicamente como a vibração dos átomos de ferro individuais dentro das barras. Os átomos no lado mais frio da barra vibram com menos energia. À medida que as partículas energéticas vibram, elas entram em contato com átomos de ferro adjacentes e transmitem parte de sua energia a esses outros átomos de ferro. Com o tempo, a extremidade quente da barra perde energia e a extremidade fria da barra ganha energia, até que a barra inteira esteja na mesma temperatura. Este é um estado conhecido como equilíbrio térmico.

Ao considerar a transferência de calor, o exemplo acima está faltando em um ponto importante: a barra de ferro não é um sistema isolado. Em outras palavras, nem toda a energia do átomo de ferro aquecido é transferida por condução nos átomos de ferro adjacentes. A menos que ele seja mantido suspenso por um isolador em uma câmara de vácuo, a barra de ferro também está em contato físico com uma mesa ou bigorna ou outro objeto, e também em contato com o ar ao seu redor. À medida que as partículas de ar entram em contato com a barra, elas também ganham energia e a transportam para longe da barra (embora lentamente, porque a condutividade térmica do ar imóvel é muito pequena). A barra também é tão quente que brilha, o que significa que está irradiando parte de sua energia térmica na forma de luz. Essa é outra maneira pela qual os átomos vibrantes estão perdendo energia. Se deixada sozinha, a barra finalmente esfriará e alcançará equilíbrio térmico com o ar circundante.

Condução Elétrica

A condução elétrica ocorre quando um material permite que uma corrente elétrica passe por ele. Se isso é possível depende da estrutura física de como os elétrons são ligados ao material e de quão facilmente os átomos podem liberar um ou mais de seus elétrons externos para os átomos vizinhos. O grau em que um material inibe a condução de uma corrente elétrica é chamado de resistência elétrica do material.

Certos materiais, quando resfriados a zero quase absoluto, perdem toda a resistência elétrica e permitem que a corrente elétrica flua através deles sem perda de energia. Esses materiais são chamados supercondutores.

Condução de som

O som é fisicamente criado por vibrações, por isso é talvez o exemplo mais óbvio de condução. Um som faz com que os átomos de um material, líquido ou gás vibrem e transmitam ou conduzam o som através do material. Um isolador sônico é um material cujos átomos individuais não vibram facilmente, tornando-o ideal para o isolamento acústico.