Interessante

Guia do iniciante para usar um IDE versus um editor de texto

Guia do iniciante para usar um IDE versus um editor de texto


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A melhor ferramenta para programadores Java quando eles começam a escrever seus primeiros programas é um tópico discutível. O objetivo deles é aprender o básico da linguagem Java. Também é importante que a programação seja divertida. Diversão para mim é escrever e executar programas com o mínimo de problemas. A questão torna-se não tanto como aprender Java, mas onde. Os programas precisam ser escritos em algum lugar e a escolha entre usar um tipo de editor de texto ou um ambiente de desenvolvimento integrado pode determinar o quanto a programação pode ser divertida.

O que é um editor de texto?

Não há como aprimorar o que um editor de texto faz. Ele cria e edita arquivos que não contêm nada além de texto simples. Alguns nem oferecem uma variedade de fontes ou opções de formatação.

Usar um editor de texto é a maneira mais simplista de escrever programas Java. Depois que o código Java é escrito, ele pode ser compilado e executado usando ferramentas de linha de comando em uma janela de terminal.

Editores de texto de exemplo: Bloco de notas (Windows), TextEdit (Mac OS X), GEdit (Ubuntu)

O que é um editor de texto de programação?

Existem editores de texto criados especificamente para escrever linguagens de programação. Estamos chamando eles programação editores de texto para destacar a diferença, mas geralmente são conhecidos simplesmente como editores de texto. Eles ainda lidam apenas com arquivos de texto simples, mas também possuem alguns recursos úteis para programadores:

  • Realce de sintaxe: As cores são atribuídas para destacar diferentes partes de um programa Java. Torna o código mais fácil de ler e depurar. Por exemplo, você pode configurar o realce da sintaxe para que as palavras-chave Java fiquem azuis, os comentários fiquem verdes, os literais de seqüência de caracteres sejam laranja e assim por diante.
  • Edição automática: Programadores Java formatam seus programas para que os blocos de código sejam recuados juntos. Esse recuo pode ser feito automaticamente pelo editor.
  • Comandos de compilação e execução: Para evitar que o programador precise alternar do editor de texto para uma janela do terminal, esses editores podem compilar e executar programas Java. Portanto, a depuração pode ser feita em um único local.

Exemplo de edição de editores de texto: TextPad (Windows), JEdit (Windows, Mac OS X, Ubuntu)

O que é um IDE?

IDE significa Ambiente de Desenvolvimento Integrado. São ferramentas poderosas para programadores que oferecem todos os recursos de um editor de texto de programação e muito mais. A idéia por trás de um IDE é abranger tudo o que um programador Java pode querer fazer em um aplicativo. Teoricamente, deveria permitir que eles desenvolvessem programas Java mais rapidamente.

Existem tantos recursos que um IDE pode conter que a lista a seguir contém apenas alguns selecionados. Deve destacar o quão útil eles podem ser para os programadores:

  • Conclusão automática de código: Ao digitar o código Java, o IDE pode ajudar, mostrando uma lista de opções possíveis. Por exemplo, ao usar um objeto String, um programador pode querer usar um de seus métodos. À medida que digitam, uma lista de métodos que eles podem escolher aparecerá em um menu pop-up.
  • Bancos de dados de acesso: Para ajudar a conectar aplicativos Java aos bancos de dados, os IDEs podem acessar diferentes bancos de dados e consultar dados contidos neles.
  • Construtor de GUI: As interfaces gráficas do usuário podem ser criadas arrastando e soltando os componentes do Swing em uma tela. O IDE grava automaticamente o código Java que cria a GUI.
  • Otimização: À medida que os aplicativos Java se tornam mais complexos, velocidade e eficiência se tornam mais importantes. Os criadores de perfil incorporados ao IDE podem destacar áreas nas quais o código Java pode ser aprimorado.
  • Controle de versão: As versões anteriores dos arquivos de código-fonte podem ser mantidas. É um recurso útil porque uma versão funcional de uma classe Java pode ser armazenada. Se, no futuro, for modificado, uma nova versão poderá ser criada. Se as modificações causarem problemas, o arquivo poderá ser revertido para a versão de trabalho anterior.

Exemplo de IDEs: Eclipse (Windows, Mac OS X, Ubuntu), NetBeans (Windows, Mac OS X, Ubuntu)

O que os programadores Java iniciantes devem usar?

Para um iniciante aprender a linguagem Java, ele não precisa de todas as ferramentas contidas em um IDE. De fato, ter que aprender um software complexo pode ser tão assustador quanto aprender uma nova linguagem de programação. Ao mesmo tempo, não é muito divertido alternar continuamente entre um editor de texto e uma janela de terminal para compilar e executar programas Java.

Nosso melhor conselho tende a favorecer o uso do NetBeans sob as instruções estritas que os iniciantes ignoram quase todas as suas funcionalidades no início. Concentre-se exclusivamente em como criar um novo projeto e como executar um programa Java. O restante da funcionalidade ficará claro quando necessário.


Assista o vídeo: Curso do Editor de Textos Vim Para Iniciantes (Pode 2022).