Interessante

Batalha de Corrick's Ford, 13 de julho de 1861

Batalha de Corrick's Ford, 13 de julho de 1861


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Batalha de Corrick s Ford, 13 de julho de 1861

O Ford de Corrick foi uma batalha menor durante a campanha da Virgínia Ocidental de 1861, notável principalmente pela morte do comandante confederado, Robert S. Garnett, que se tornou o primeiro general da guerra civil a morrer em batalha. Garnett comandava uma força confederada de 4.500 homens em Beverly, onde poderia bloquear as passagens entre o vale do Shenandoah e a Virgínia Ocidental. Em 12 de julho, sua posição ao norte de Beverly havia sido flanqueada por um exército da União muito maior (Battle of Rich Mountain, 12 de julho), e Garnett forçado a uma retirada ao nordeste através das montanhas da Virgínia Ocidental.

Uma perseguição logo foi montada e, por volta do meio-dia de 13 de julho, alcançou a retaguarda de Garnett. Seguiu-se uma luta contínua, que durou duas horas. A luta mais feroz ocorreu em torno do Ford de Corrick (ou Carrick). Garnett estava conduzindo aquele retiro com alguma habilidade, até que ele foi morto cruzando outro vau. Logo depois disso, a perseguição foi interrompida e as tropas confederadas restantes conseguiram escapar de volta para a Virgínia.


Confronto na Corricks Ford

Na primavera de 1861, a União forças no noroeste da Virgínia para proteger a vital ferrovia de Baltimore e Ohio, proteger importantes pedestais e apoiar os sindicalistas contra os confederados. Os dois lados travaram vários confrontos entre junho e dezembro. Eles incluíam Philippi (a primeira batalha terrestre da guerra), Rich Mountain, Corrick's Ford, Cheat Summit Fort, Carnifex Ferry e Camp Allegheny. As muitas vitórias da União conquistaram a reputação do general George B. McClellan e danificaram a do general confederado Robert E. Lee & # 8212 - situação revertida em 1862. Apesar dos ataques confederados posteriores, a atual Virgínia Ocidental permaneceu amplamente sob o controle federal pelo resto da guerra.

Aqui em Corricks Ford em 13 de julho de 1861, o confederado Robert S. Garnett se tornou o primeiro general morto na Guerra Civil.

Dois dias antes, em uma das primeiras vitórias importantes da União na Guerra Civil, em 11 de julho de 1861, as forças do general George McClellan derrotaram parte do comando de Garnett em Rich Mountain. Elementos do comando de Garnett estavam controlando a área ao redor de Beverly, a junção de duas importantes rodovias - Beverly e Fairmont e Staunton e Parkersburg. Quando Garnett soube da vitória da União, ele e seus 4.000 homens abandonaram sua fortaleza em Laurel Hill na manhã seguinte. Os confederados primeiro

marchou em direção a Beverly, mas temendo que sua rota de fuga estivesse bloqueada, Garnett deu a ordem de marchar para o nordeste, para circular de volta em segurança.

As carroças do exército de Garnett trabalhavam ao longo dos estreitos rastros da montanha Faisão sob uma forte chuva de verão com os Federados em sua perseguição. Os confederados jogaram fora tendas, mobília do acampamento e suprimentos para aliviar sua carga e bloquear o caminho. O retiro continuou durante a noite e no dia seguinte. Em 13 de julho, 1.800 federais sob o capitão (mais tarde general) Henry W. Benham pegaram a retaguarda de Garnett aqui em Corricks Ford, uma travessia do rio Shavers Fork of Cheat River.

Garnett foi morto enquanto tentava atrasar a perseguição federal. Os confederados se espalharam após esse combate sangrento, deixando seus mortos, um canhão e a maioria de suas carroças paradas no rio.

“A chuva caía torrencialmente e o caminho argiloso quase impossível em muitos lugares, o espírito das tropas era capaz de levá-las mais rapidamente a todas essas provações, superadicionado ao da fome com grande parte delas por nas quinze ou vinte horas anteriores. "
& # 8212 Capitão Henry W. Benham

Erguido por West Virginia Civil War Trails.

Tópicos e séries. Este marcador histórico está listado nestas listas de tópicos: Guerra, Publicidade Civil dos EUA

& touro Hidrovias e embarcações. Além disso, está incluído nas listas das séries de Trails da Guerra Civil de West Virginia e da Baltimore and Ohio Railroad (B&O) & # 128642. Uma data histórica significativa para esta entrada é 13 de julho de 1861.

Localização. 39 & deg 5.386 & # 8242 N, 79 & deg 40.912 & # 8242 W. Marker está em Parsons, West Virginia, no Condado de Tucker. Marker está na Poplar Street 0,1 milhas ao sul de Mill Street, à esquerda ao viajar para o sul. Toque para ver o mapa. O marcador está em ou próximo a este endereço postal: 400 Poplar St, Parsons WV 26287, Estados Unidos da América. Toque para obter instruções.

Outros marcadores próximos. Pelo menos 8 outros marcadores estão a uma curta distância deste marcador. Corricks Ford Battlefield (cerca de 120 metros de distância, medido em uma linha direta) The Corrick House (cerca de 500 metros de distância) Corricks Ford (cerca de 700 metros de distância) um marco diferente também chamado Corricks Ford Battlefield (aproximadamente 0,2 milhas de distância). Esta pedra comemora a Batalha de Corricks Ford (aprox. 0,2 milhas de distância) um marco diferente também denominado Corrick's Ford (aprox. 0,2 milhas de distância) um marco diferente também denominado Corricks Ford Battlefield (aprox. 0,2 milhas de distância) Historic Western Maryland Railway Depot / Parsons Railroad Depot (aproximadamente 0,4 milhas de distância). Toque para obter uma lista e mapa de todos os marcadores em Parsons.


Batalha de Corrick e Ford # 039s (13 de julho de 1861)

À medida que a possibilidade de guerra civil nos Estados Unidos evoluiu durante os primeiros meses de 1861, a Virgínia era um estado dividido. Liderada por residentes da parte oriental do estado, a Virgínia votou pela separação da União em vez de ceder ao apelo do presidente Lincoln para que cada estado fornecesse soldados voluntários para reprimir a insurreição que começou em Fort Sumter em abril. Tendo pouco em comum com seus vizinhos do leste, os residentes da área montanhosa da Virgínia Ocidental iniciaram seu próprio movimento para se separar da Virgínia e permanecer na União.

Durante grande parte de 1861, as forças da União e dos Confederados lutaram pelo controle do oeste da Virgínia. A área era de considerável importância porque as lacunas nas montanhas Apalaches conectavam o leste ao meio-oeste. No início de maio, o general Robert E. Lee, em Richmond, ordenou que o coronel George A. Porterfield fosse a Grafton para organizar um exército de voluntários e assumir o controle da ferrovia Baltimore e Ohio, bem como pedágios nas montanhas. Em 24 de maio, Porterfield ocupou a cidade de Grafton, localizada na B & ampO Railroad, no noroeste da Virgínia, com menos de quinhentos homens.

As autoridades federais reagiram enviando 20 mil soldados para a área sob o comando do major-general George B. McClellan. Em 28 de maio, McClellan ordenou um total de aproximadamente três mil soldados na Virgínia Ocidental e os colocou sob o comando geral do Brigadeiro-General Thomas A. Morris. Em 3 de junho de 1861, a força de Morris derrotou o comando de Porterfield durante um ataque antes do amanhecer contra o acampamento confederado em Filipos.

Em 15 de junho, o governo confederado colocou o brigadeiro-general Robert Selden Garnett no comando das forças que se opunham a McClellan no oeste da Virgínia. Garnett herdou uma situação difícil. Com apenas 4.600 soldados, ele deveria conter um ataque federal que estava gradualmente empurrando os rebeldes para o sul e o leste. Garnett implantou suas tropas em duas passagens importantes pelas montanhas. Ele enviou o tenente-coronel John Pegram, encarregado de cerca de 1.300 homens, para guardar a passagem em Rich Mountain, a oeste de Beverly. Garnett assumiu o comando pessoal do restante de sua força, que guardava a passagem em Laurel Hill ao norte de Beverly.

Em 11 de julho de 1861, aproximadamente dois mil soldados McClellan & # 039s, comandados pelo Brigadeiro General William S. Rosecrans, usaram uma passagem remota na montanha para flanquear as fortificações de Pegram & # 039s em Rich Mountain. Ao saber da abordagem de Rosecrans e # 039, Pegram despachou uma força para deter os Yankees. Durante o acalorado combate à tarde que se seguiu, os rebeldes em menor número aguentaram os Bluecoats por duas horas antes de serem subjugados na Batalha de Rich Mountain. Com Rosecrans em suas costas, Pegram foi forçado a evacuar suas defesas naquela noite.

Ao saber da retirada de Pegram & # 8217s, Garnett abandonou Laurel Hill, marchando com seus homens pela Cheat Mountain e para o Cheat River Valley. McClellan enviou Morris e a Brigada Indiana # 039 em sua perseguição. A retirada de Garnett foi retardada por terreno montanhoso acidentado, fortes chuvas e estradas lamacentas que atrapalharam seus trens de vagões. Em 13 de julho, por volta do meio-dia, Morris alcançou a retaguarda de Garnett & # 039s perto de Corrick & # 039s Ford sobre Shavers Fork of the Cheat River.

Em uma tentativa desesperada de permitir que a maior parte de seu comando escapasse, Garnett ordenou que a 23ª Virgínia ganhasse algum tempo resistindo ao vau. Garnett dirigiu a evacuação principal e depois voltou para supervisionar a evacuação de sua retaguarda. Quando ele montou em seu cavalo para ordenar uma retirada, um membro do 7º Indiana o feriu mortalmente com um tiro nas costas, tornando-o o primeiro oficial general a ser morto em ação durante a Guerra Civil.

Após a morte de Garnett, os rebeldes continuaram sua retirada e McClellan cancelou a perseguição. Os restos da força de Garnett & # 039s escaparam para Monterey, Virgínia, dois dias depois. As baixas na Batalha de Corrick e na Ford # 039 foram relativamente pequenas para os padrões posteriores da Guerra Civil. A União sofreu cerca de treze soldados mortos e quarenta feridos. A Confederação perdeu vinte soldados mortos, dez feridos e cinquenta capturados.

As unidades de Ohio que participaram da Batalha de Corrick e Ford # 8217 incluíram:


Batalha de Corrick's Ford

o Batalha de Corrick's Ford ocorreu em 13 de julho de 1861, no rio Cheat em Western Virginia (agora o estado de West Virginia) como parte da Campanha de Operações na Virgínia Ocidental durante a Guerra Civil Americana. Pelos padrões posteriores, a batalha foi uma escaramuça menor. Muitas vezes considerada a parte final da Batalha de Rich Mountain, foi o fim de uma série de batalhas entre as forças do Major General George B. McClellan e o Brig Confederado. Gen. Robert S. Garnett.

McCellan derrotou parte da força de Garnett em 11 de julho de 1861, na Batalha de Rich Mountain. Ao saber da derrota, Garnett voltou para a Virgínia com aproximadamente 4.500 homens por volta da meia-noite daquela noite. Ele começou a marchar em direção a Beverly, mas recebeu informações falsas de que os homens de McClellan ocuparam a cidade. Os confederados voltaram atrás, abandonaram a Staunton e Parkersburg Turnpike em Leadsville e cruzaram a Cheat Mountain até o Cheat River Valley. Brigadeiro da União O general Thomas A. Morris os perseguiu com sua brigada de Indiana.

Por volta do meio-dia de 13 de julho, Morris ultrapassou a retaguarda de Garnett em Corrick's Ford no rio Cheat e atacou os confederados em retirada. Garnett dirigiu pessoalmente a retaguarda dos escaramuçadores confederados para atrasar o ataque da União. Ele logo se retirou para outro vau a uma ou duas milhas de distância. A escaramuça de corrida recomeçou e quando Garnett novamente se preparou para recuar, uma rajada de vôlei da Union o matou instantaneamente. Os confederados fugiram, abandonando seu comandante morto, um canhão e quase 40 vagões. Um amigo do Exército da União recuperou o corpo de Garnett após a batalha. Ele foi o primeiro general morto na Guerra Civil.

O controle da Virgínia Ocidental estava agora firmemente nas mãos da União e assim permaneceu pelo resto da guerra. A campanha impulsionou o major-general George B. McClellan ao comando do Exército do Potomac. nl: Slag bij Corrick's Ford


Corrick's Ford Battle

1861 - 1865
Ford de Corrick
Batalha

noivado entre
Tropas federais sob
Gen. T.A. Morris
e
Tropas confederadas sob
Gen. R.S. Garnett,
uma milha ao sul,
13 de julho de 1861.
Garnett, mortalmente ferido
nesta ação, foi o primeiro
geral a cair durante a guerra.

Erguido em 1938 pelo Estado da Virgínia Ocidental e pela Sociedade Histórica do Condado de Tucker.

Tópicos Este marcador histórico está listado nesta lista de tópicos: Guerra, Civil dos EUA. Um mês histórico significativo para esta entrada é julho de 1862.

Localização. 39 & deg 5.813 & # 8242 N, 79 & deg 40.805 & # 8242 W. Marker está em Parsons, West Virginia, no condado de Tucker. Marker está no cruzamento da 1st Street (U.S. 219) e Walnut Street, à direita ao viajar para oeste na 1st Street. Localizado em frente ao Tribunal do Condado. Toque para ver o mapa. O marcador está nesta área dos correios: Parsons WV 26287, Estados Unidos da América. Toque para obter instruções.

Outros marcadores próximos. Pelo menos 8 outros marcadores estão a uma curta distância deste marcador. Tribunal do condado de Tucker (a poucos passos deste marcador) Caso Williams v. Conselho de Educação (a poucos passos deste marcador) Somos livres porque você foi corajoso! (a poucos passos deste marcador) Tucker County Bank Building (a uma distância de alcance deste marcador) 213 1st Street (a uma distância de alcance deste marcador) Parsons / Corrick's Ford


Legends of America

Batalha de Corrick e Ford # 8217s, West Virginia, 1861

Corrick & # 8217s Ford & # 8211 13 de julho de 1861

Ocorrendo no rio Cheat, no condado de Tucker, em 13 de julho de 1861, esta escaramuça fez parte da Campanha de Operações na Virgínia Ocidental. Depois que o Major General George B. McClellan derrotou parte das forças do Brigadeiro Confederado Robert S. Garnett & # 8217s na Batalha de Rich Mountain, Garnett voltou para a Virgínia com aproximadamente 4.500 homens e começou a marchar em direção a Beverly. O General Brigadeiro da União Thomas A. Morris os perseguiu com sua brigada de Indiana e por volta do meio-dia de 13 de julho, Morris ultrapassou a retaguarda de Garnett & # 8217s em Corrick & # 8217s Ford no Cheat River e atacou os confederados em retirada. Os rebeldes começaram a se retirar e uma escaramuça foi travada, na qual Garnett foi morto. Os confederados então fugiram, deixando para trás seu comandante morto, um canhão e quase 40 carroças. Garnett foi o primeiro general morto na Guerra Civil.

Scary Creek & # 8211 17 de julho de 1861

A Batalha de Scary Creek foi uma batalha menor travada através do rio Kanawha desde o atual Nitro no Condado de Putnam, Virgínia Ocidental em 17 de julho de 1861. Quando as forças da União sob o comando do General Jacob Cox começaram a subir o Vale Kanawha vindo de Ohio, eles vieram sobre um acampamento confederado comandado pelo general confederado Henry A. Wise com alguns milhares de tropas perto da atual St. Albans. A batalha ocorreu quando os regimentos da União avançaram em direção ao acampamento, mas foram repelidos pelo capitão George S. Patton. Os confederados, que pensavam que novos reforços da União estavam chegando, também recuaram. Percebendo seu erro, os confederados voltaram ao campo de batalha para reivindicar a vitória. Posteriormente, o general Wise retirou suas forças em direção às bases de abastecimento dos confederados nos condados de Fayette e Greenbrier. Este recuo resultou na maior parte do Vale do Kanawha caindo nas mãos da União e o General Wise foi muito criticado. Durante a batalha, a União perdeu 14 mortos, cerca de 30 feridos e vários desapareceram. Os confederados perderam entre 1-5 mortos e cerca de seis ficaram feridos, incluindo o capitão Patton.

Kessler’s Cross Lanes & # 8211 26 de agosto de 1861

A Batalha de Cross Lanes de Kessler, também conhecida como Batalha de Cross Lanes, ocorreu no Condado de Nicholas em 26 de agosto de 1861, como parte da Campanha da Virgínia Ocidental. Em 26 de agosto, o general de brigada John Floyd, comandando as forças confederadas no Vale Kanawha, cruzou o rio Gauley para atacar o 7º regimento do coronel da União Erastus Tyler em Ohio, que estava acampado em Cross Lanes de Kessler. As forças da União foram surpreendidas e derrotadas. Floyd então retirou-se para o rio e assumiu uma posição defensiva em Carnifex Ferry. Durante o mês, o general confederado Robert E. Lee chegou ao oeste da Virgínia e tentou coordenar as forças dos brigadeiros-generais John Floyd, Henry Wise e William W. Loring. A vitória dos Confederados resultou em 245 baixas da União e 40 baixas da Confederação.

Batalha em Carnifex Ferry, West Virginia

Carnifex Ferry & # 8211 10 de setembro de 1861

A Batalha de Carnifex Ferry ocorreu no Condado de Nicholas em 10 de setembro de 1861, como parte da Campanha de Operações na Virgínia Ocidental. Quando o General Brigadeiro da União William S. Rosecrans soube da derrota do Coronel Erastus Tyler nas Cross Lanes de Kessler, ele moveu três brigadas para o sul de Clarksburg para apoiá-lo. Na tarde de 10 de setembro, ele avançou contra os acampamentos do Brigadeiro General John Floyd em Carnifex Ferry. Quando a escuridão caiu após várias horas de luta, a batalha parou e a força da artilharia da União convenceu Floyd a recuar durante a noite. Floyd atribuiu a sua derrota a seu co-comandante, o general Henry Wise, o que contribuiu para uma maior dissensão nas fileiras confederadas. A vitória da União resultou em um total estimado de 250 vítimas.

Cheat Mountain & # 8211 12-15 de setembro de 1861

A Batalha da Montanha Cheat aconteceu no condado de Pocahontas de 12 a 15 de setembro de 1861 como parte da Campanha de Operações na Virgínia Ocidental. Aconteceu quando o General Confederado Robert E. Lee dirigiu sua primeira ofensiva da guerra contra as trincheiras do General Brigadeiro da União Joseph Reynolds no cume da Montanha Cheat e no Vale Tygart. Os ataques confederados foram descoordenados, entretanto, e a defesa federal foi tão teimosa que o coronel Albert Rust, que estava liderando os ataques, estava convencido de que estava enfrentando uma força esmagadora. Na realidade, porém, ele estava enfrentando apenas cerca de 300 soldados da União que estavam muito determinados. O general Lee acabou cancelando o ataque e, após manobrar nas proximidades, retirou-se para Valley Head em 17 de setembro. Em outubro, Lee renovou as operações contra Laurel Mountain com as tropas do general confederado John Floyd e William Loring, mas a operação foi convocada desligado por causa da má comunicação e falta de suprimentos. Lee foi chamado de volta a Richmond, Virgínia, em 30 de outubro, após obter pouco sucesso no oeste da Virgínia. A vitória do Sindicato resultou em baixas totais de 170 homens, sendo 80 do Sindicato e 90 dos Confederados.

Greenbrier River & # 8211 3 de outubro de 1861

Ocorrendo no condado de Pocahontas, West Virginia, a Batalha de Greenbrier River, também conhecida como Batalha de Camp Barlow, ocorreu em 3 de outubro de 1861, como parte da Campanha da Virgínia Ocidental. Durante a noite de 2 a 3 de outubro, o Brigadeiro General Joseph Reynolds com duas brigadas avançou da Cheat Mountain para reconhecer a posição dos confederados em Camp Bartow, no rio Greenbrier. Reynolds dirigiu os piquetes da Confederação e abriu fogo com sua artilharia. Após lutas esporádicas e uma tentativa abortada de virar o flanco direito de seu inimigo, Reynolds retirou-se para a Cheat Mountain. A batalha inconclusiva resultou em cerca de 40 vítimas da União e o mesmo número de vítimas confederadas.

Guyandotte & # 8211 10-11 de novembro de 1861

A incursão a Guyandotte ocorreu no condado de Cabell quando a cavalaria confederada atacou a cidade de Guyandotte e a pequena força sindical não treinada ali estacionada. Em 10 de novembro de 1861, o coronel confederado John Clarkson com cerca de 700 soldados de cavalaria atacou um campo de recrutamento da União para o Nono regimento de infantaria da Virgínia Ocidental em Guyandotte. Os recrutas federais, que somavam pouco mais de 100 homens, lutaram bravamente, mas foram rapidamente derrotados. Os confederados então reuniram 98 recrutas e civis da União e começaram a marchar para Richmond no dia seguinte. Um destacamento da Quinta Infantaria da Virgínia Ocidental, acompanhado por vários guardas domésticos de Ohio, chegou depois que a Cavalaria Confederada e os prisioneiros haviam partido. Em retaliação ao ataque confederado e em resposta às acusações de que os habitantes da cidade ajudaram os confederados, as forças da União incendiaram a cidade. Jornais do norte expressaram indignação com as ações dos cidadãos da cidade e se alegraram com a destruição de Guyandotte.

Camp Allegheny, West Virginia Battlefield, cortesia da Wikipedia

Camp Alleghany & # 8211 13 de dezembro de 1861

A Batalha de Camp Alleghany também chamada de Batalha de Allegheny Mountain, ocorreu no condado de Pocahontas em 13 de dezembro de 1861. Parte da Campanha da Virgínia Ocidental, as forças confederadas sob o comando do coronel Edward Johnson ocuparam o cume da Montanha Allegheny em dezembro de 1861 para defender Staunton -Parkersburg Pike. Uma força da União comandada pelo brigadeiro-general Robert Milroy atacou o coronel Johnson em 13 de dezembro. A luta continuou durante grande parte da manhã, enquanto cada lado manobrava para ganhar vantagem. Finalmente, as tropas de Milroy foram repelidas e ele se retirou para seus acampamentos perto da Montanha Cheat. No final do ano, Edward Johnson permaneceu no acampamento Allegheny com cinco regimentos, e Henry Heth estava em Lewisburg com dois regimentos. As vítimas estimadas da batalha inconclusiva resultaram em 137 União e 146 Confederados.

Campanha Manassas & # 8211 julho de 1861

O primeiro objetivo da União nos primeiros dias da Guerra Civil era capturar a capital confederada de Richmond, Virgínia. Situado a apenas 160 quilômetros de Washington, D.C., as tropas federais primeiro tiveram que capturar Manassas Junction, um importante entroncamento ferroviário a 30 milhas a sudoeste de Washington, antes que pudessem chegar a Richmond. Os soldados da União partiram para Manassas em 16 de julho de 1861. A campanha resultou em duas batalhas na Virgínia & # 8212 Blackburn & # 8217s Ford e na Primeira Batalha de Manassas. A única batalha da campanha travada na atual West Virginia foi a Batalha de Hoke & # 8217s Run.

Hoke’s Run & # 8211 2 de julho de 1861

Batalha de Hoke & # 8217s Run, West Virginia, 1861

Lutada durante a Campanha de Manassas, a Batalha de Hoke & # 8217s Run, também chamada de Batalha de Falling Waters e Batalha de Hainesville, ocorreu no Condado de Berkeley em 2 de julho de 1861. Naquela data, a divisão do Major General Robert Patterson cruzou o Potomac Rio perto de Williamsport, Maryland e marchou na estrada principal para Martinsburg, West Virginia. Perto de Hoke’s Run, as brigadas dos coronéis John Abercrombie e George Thomas encontraram regimentos da brigada do Brigadeiro General Thomas J. Jackson e # 8217s e os levaram de volta lentamente. As ordens de Jackson eram para atrasar apenas o avanço federal, o que ele fez, retirando-se diante da força maior de Patterson. Em 3 de julho, Patterson ocupou Martinsburg, mas não fez mais nenhum movimento agressivo até 15 de julho, quando marchou para Bunker Hill. Em vez de se mudar para Winchester, no entanto, Patterson virou para o leste para Charles Town e então retirou-se para Harpers Ferry. Esse movimento retrógrado tirou a pressão das forças confederadas no Vale do Shenandoah e permitiu que o exército do general Joseph Johnston marchasse para apoiar o general brigadeiro P.G.T. Beauregard em Manassas. A inatividade de Patterson contribuiu para a derrota da União em First Manassas. A vitória da União resultou em mortes estimadas de 23 soldados da União e 91 confederados.

Jackson & # 8217s Operations Against the B & ampO Railroad & # 8211 1861-62

As operações do general confederado Stonewall Jackson & # 8217s contra a ferrovia de Baltimore e Ohio em 1861-1862 visavam interromper a ferrovia crítica usada pesadamente pelo Exército da União adversário como uma importante rota de abastecimento. Os confederados também queriam capturar uma série de locomotivas e vagões para uso em sua causa. Jackson há muito defendia o valor estratégico de uma ofensiva a partir do Vale do Shenandoah, que poderia ameaçar Washington e destruir as comunicações leste-oeste da Union, quebrando a ferrovia Baltimore & amp Ohio.


1861 11-13 de julho: Batalhas de Rich Mountain e Corrick e Ford # 8217s

Com a Primeira Batalha de Bull Run (First Manassas, como os sulistas a chamam), a apenas dez dias de distância, as coisas estão começando a acontecer na Virgínia. A União ganha suas primeiras vitórias na Batalha de Rich Mountain (11 de julho) e na Batalha de Corrick e Ford # 8217s (13 de julho) no oeste da Virgínia. O primeiro jornal local a publicar após as batalhas é o Prescott Journal em 17 de julho. Aqui estão as notícias que publicaram.

BATALHAS EM VIRGÍNIA.

Os rebeldes derrotados.

GEN. McCLELLAND [sic] AINDA VENCE OUTRA BATALHA.

Morte ao Traidor. General Garnett.

200 rebeldes mortos e 1.000 prisioneiros arrebatados.
________

Informações tardias do general McClellan às 2 horas e # 8217, dizem que ele começou a montar suas baterias nas encostas das colinas, quando os rebeldes abriram fogo, mas sem danos. Quando o mensageiro partiu, o Gen. Morris 1 ainda mantinha os rebeldes sob controle em Laurel Hill, aguardando ordens para avançar. As escaramuças tinham sido rápidas e frequentes nas últimas 24 horas. Três dos 7º e 9º regimentos de Indiana foram mortos, e um do Ohio 14º, e sete feridos do 3º regimento.

Um projétil ocasional era enviado ao acampamento, a uma milha e meia de distância, para mantê-los em posição.

Um despath privado [sic] ao coronel Stager, da Virgínia Ocidental, diz que o general McClellan obteve uma vitória decidida em Laurel Hill. Ele capturou o inimigo & # 8217s todo [sic] acampamento, armas, tendas, vagões e ampc. Muitos prisioneiros foram feitos, entre os quais vários oficiais.

A perda do inimigo é severa - a nossa, muito pequena.

Nenhum oficial foi perdido do nosso lado.

McClellan virou a posição do inimigo & # 8217s.

Uma batalha foi travada ontem à tarde em Rich Mountain, duas milhas a leste deste lugar, onde o número de inimigos cerca de 2.000 sob o comando do Coronel Pegram 2 estava fortemente entrincheirado. do 8º, 10º e 13º Indiana e do 19º Regimento de Ohio deixaram este lugar, e depois de uma marcha muito difícil de sete ou oito milhas, cortando uma estrada através da floresta, conseguiu sarrounding [sic] o inimigo cerca de 3 horas & # 8217 horas da tarde.

Uma luta desesperada se seguiu imediatamente, durando cerca de uma hora e meia, resultando na perda de 60 inimigos mortos e um grande número de feridos. Muitos prisioneiros foram feitos, alguns dos últimos são oficiais. Eles recuaram precipitadamente, deixando 5 carroças e um grande número de cavalos, eqquipage do acampamento [sic] & ampc. A perda do nosso lado foi de cerca de 20 mortos e 40 feridos - entre os quais está o capitão Chris. Miller do décimo Regimento de Indiana.

Um despacho oficial foi recebido na sede do general McClellan, de

Huttonsville, Va., 15th, dando conta da derrota das forças e morte do General Garnett. 4 Isso confirma contas anteriores. Ele diz que anulou completamente [sic] o inimigo na Virgínia Ocidental. Nossa perda é de apenas 13 mortos e cerca de 40 feridos. A perda do inimigo é de 200 mortos e 1.000 prisioneiros. - Capturamos sete armas. Uma parte da força Garnett & # 8217s recuou, mas procuro sua coptura [sic] pelo general Hill, que está em sua perseguição. Diz-se que as tropas de Garnett & # 8217 são os regimentos de primeira linha da Virgínia Oriental, somadas por georgianos, tennesseianos e carolinianos. Nosso sucesso é total e acredito firmemente que a secessão está morta nesta parte do país.

Um trem chegou aqui esta manhã trazendo o corpo do general Garnett, falecido comandante das forças rebeldes na Virgínia Ocidental. Os rebeldes foram perseguidos de Laurel Hill pelo general Morris & # 8217 comando, consistindo no 14º Regimento de Ohio e 7º e 9º Regimentos de Indiana. Em Carrick & # 8217s Ford, oito milhas ao sul da cidade de St. George, o general Garnett tentou reunir suas forças, quando uma escaramuça violenta se seguiu, na qual Garnett foi morto e vinte de seus homens deixados mortos no chão, além de muitos corpos sendo carregados. Os rebeldes foram completamente derrotados e espalhados em todas as direções. 40 carroças carregadas e todos os seus cavalos e equipamento de acampamento caíram em nossas mãos. - Os restos mortais de Garnett & # 8217s serão embalsamados e colocados à disposição de seus amigos.

Dois homens foram mortos e dois mortalmente feridos do dia 14 de Ohio. Nenhuma outra perda do nosso lado. Nossas tropas fizeram mais prisioneiros do que podiam cuidar.

Um trem chegou a Grafton, Virgínia, esta manhã, com o corpo do General Garnett, o comandante rebelde em Laure [l] Hill, que foi morto ontem enquanto tentava reunir suas forças em St. George. O inimigo foi derrotado e uma grande quantidade de munições e objetos de valor levados. Os rebeldes perderam 50 mortos e muitos prisioneiros. Perdemos quatro mortos e poucos feridos. Nenhuma força rebelde está agora no distrito de McClellan e # 8217s.

[ Comercial e especial # 8217s. ] —Uma carta privada de um dos 12º regimentos de Nova York, datada de Martinsburg, 11 de julho, diz que os regimentos estavam sob ordem de marcha e deveriam partir naquela noite, já que todas as tendas foram atacadas. - 36.000 homens estavam nas proximidades e acampados à vista um do outro. O 12º teve direito à linha que lhes foi dada.

Uma bandeira de trégua veio ao acampamento no dia 10, com o pedido dos rebeldes por um amistício [sic] de dez dias para decidir se devem lutar ou recuar.

O general Patterson 5 respondeu: & # 8220 não, nem um dia! & # 8221 O inimigo recuou 15 milhas em direção a Richmond.

O charleston Mercúrio diz aos assinantes de seu país para economizarem suas penas de ganso, pois o estoque de canetas de aço logo se esgotará.


Locais da Guerra Civil Junto (e próximos) Rt. 219

Você pode aumentar e diminuir o zoom do mapa, clicar e arrastar para movê-lo e explorá-lo. Clique nos marcadores de cores diferentes para obter mais informações sobre esse site específico da guerra civil.

Linha do tempo dos eventos na Virgínia Ocidental durante a Guerra Civil ao longo ou perto da Rota 219 dos EUA.

  • 3 de junho de 1861 e # 8211 Batalha de Filipos, também conhecida como & # 8220Philippi Races & # 8221 foi a primeira batalha terrestre de toda a Guerra Civil. O general George B. McClellan, recentemente nomeado comandante do Exército do Ohio, começou a campanha federal no noroeste da Virgínia no final de maio para garantir condados pró-União, bem como a importante ferrovia Baltimore & amp Ohio (B & ampO). Em 3 de junho, as tropas da União surpreenderam uma força confederada em Filipos, que imediatamente começou a recuar em direção a Huttonsville, no condado de Randolph. A retirada desordenada dos confederados rendeu à batalha o apelido de & # 8220Philippi Races. & # 8221 Philippi fica a aproximadamente 27 milhas a nordeste de Elkins na U.S. Route 250.
  • 7 a 11 de julho de 1861 e # 8211 Batalha em Laurel Hill (aproximadamente 9 milhas a nordeste de Elkins). Depois de Filipos, as tropas confederadas comandadas pelo Brig. O General Robert S. Garnett fortificou um acampamento no sopé da Montanha Laurel. As tropas da União sob o comando do general Thomas Morris avançaram no acampamento da Montanha Laurel em 7 de julho, e escaramuças ocorreram nos dias seguintes. Garnett recuou no início da manhã de 12 de julho após ouvir notícias da derrota de Rich Mountain. Site da Batalha de Laurel Hill.
  • 11 de julho de 1861 e # 8211 Batalha de Rich Mountain (5 milhas a oeste de Beverly). Enquanto as tropas federais distraíam a atenção dos confederados em Laurel Hill, as tropas da União avançaram no acampamento rebelde em Rich Mountain. Em um ataque surpresa, o general William S. Rosecrans e cerca de 2.000 homens derrotaram cerca de 1.200 confederados comandados pelo tenente-coronel John Pegram. Depois de algumas horas de luta, grande parte da força confederada, incluindo o tenente-coronel Pegram, se rendeu a Rosencrans. Pegram se tornou o primeiro ex-oficial do Exército dos EUA a ser capturado enquanto estava no serviço confederado. A notícia da rendição chegou à força confederada maior em Laurel Hill (veja acima) e convenceu seu comandante, o general Garnett, a recuar em direção ao norte da Virgínia. Site do Rich Mountain Battlefield.

Mapa das posições de Rich Mountain e Laurel Hills. De wvencyclopedia.org.

  • 13 de julho de 1861 e # 8211 Batalha de Corrick e Ford # 8217s. Após a derrota dos confederados em Rich Mountain e Laurel Hill, o general confederado Robert S. Garnett retirou-se em retirada com 4.500 homens de volta para o norte da Virgínia confederado. Em Corrick & # 8217s Ford no Cheat River (perto dos dias atuais Parsons), ele foi ultrapassado por federais sob seu colega de West Point, General T. A. Morris. Here Garnett’s army was defeated, and he was mortally wounded. Corrick’s Ford Battlefield website.
  • September 12-15, 1861 – Battle of Cheat Mountain was the first battle in which Confederate General Robert E. Lee led troops into battle. After attempting to surround the Federal fort on the summit of Cheat Mountain, General Lee called off the attack and withdrew due to false information from prisoners and poor communications among the various Confederate commands. General Lee was camped at Valley Mountain, near Mingo Flats, around this time.

Camp & Fortification on Cheat Mountain Summit, From a contemporary sketch made by a soldier artist of the 2nd West Virginia Infantry. Courtesy of the WV & Regional History Collection, WVU.

  • September 13, 1861 – Col. John Augustine Washington is killed while out scouting enemy positions at Elkwater, near Huttonsville. Col. Washington was aide-de-camp to Confederate Gen. Robert E. Lee and was the great-grand nephew of George Washington and the final inheritor to the Mount Vernon estate.

Historical marker and interpretive sign at Elkwater, along U.S. Route 219 near Huttonsville, in Randolph County.

  • October 3, 1861 – Battle of Greenbrier River took place on the Greenbrier River near current day Bartow (22 miles east of Huttonsville on U.S. Rt. 250). Near here was Camp Bartow, fortified by Confederate troops in 1861. Union commander General Joseph J. Reynolds decided he could clear Confederate troops and take control of the Staunton-Parkersburg turnpike to eastern Virginia. At Greenbrier Bridge, an artillery duel was fought and the Federals were repulsed, returning back to their camp at Cheat Mountain.

Map of the Battle of Greenbrier River, drawn by A.T. McRae, C.S.A.

  • May 23, 1862 – Battle of Lewisburg. After taking up positions at Lewisburg, Union Colonel George Crook and his 1,600 were attacked by a Confederate force of 2,200 under General Henry Heth. Despite facing superior numbers, Crook and his men repelled the advance, killing 38, wounding 66, and reportedly capturing nearly 100 prisoners, while losing only 13 under his command.
  • August 26-27, 1863 – Battle of White Sulphur Springs. Union General William Averell led a force of 1,300 mounted troops and cavalry on a raid targeting Lewisburg and the Virginia-Tennessee Central Railroad in late August. This force was met at White Sulphur Springs by 2,000 Confederate troops sent to block Averell’s raid and fighting commenced throughout the day on the 26th. After failing to break the Confederate positions, General Averell decided to withdraw on the 27th. Although Averell failed to meet his objectives, the Confederates failed to destroy or capture the outnumbered Yankees and Averell successfully withdrew.

Junction of the Anthony’s Creek road and the James River and Kanawha Turnpike ‘now route 60’ where Averell’s force met Pattons brigade in a head on collision at the Battle of White Sulphur Springs. This was the scene of the fiercest fighting the road in the center was filled with the dead and wounded. Courtesy of the WV & Regional History Collection, WVU.

  • November 6, 1863 – Battle of Droop Mountain – One of the largest battles of the Civil War to occur in (what would become) West Virginia was fought in southern Pocahontas County on Droop Mountain. In November, Union General William Averell led another attempt from Beverly to attack the Virginia and Tennessee Railroad in southeastern Virginia and clear Confederate forces from the Greenbrier Valley. Confederate troops under General John Echols took up defensive positions along Droop Mountain on the morning of Nov. 6 and were engaged in battle by Union troops throughout the morning. By the afternoon, General Averell and his union force had overwhelmed the Confederate troops who began a full retreat to Lewisburg. Union troops followed slowly behind but the majority of the Confederates succeeded in withdrawing into the safety of southeastern Virginia. The Battle of Droop Mountain successfully cleared any significant Confederate military presence in the new state of West Virginia for the duration of the war, effectively securing its new boundaries. Droop Mountain Battlefield became the first state park in West Virginia. It was also the site of a Civilian Conservation Corps (CCC) camp in the 1930s, and many of the original CCC buildings can still be found throughout the park. Check out http://www.droopmountainbattlefield.com/ for more details.

Original Civil War era map of the Battle of Droop Mountain, left, and the present day look-out tower from Droop Mountain Battlefield State Park, right.


Corricks Ford Battlefield

Confederate Gen. Robert S. Garnett took command of the Army of the Northwest in this region after the "Philippi Races," first land battle of the Civil War. By June 16, 1861, Garnett's 5,300 Confederates dug in at Rich Mountain and Laurel Hill, more than 25 miles south, to stop an invasion by Union Gen. George McClellan.

McClellan's victory at Rich Mountain on July 11 forced Gen. Garnett to abandon Laurel Hill. That night, Garnett and 3,500 Confederates marched south toward Beverly. Fearing a trap, they turned northeast in a daring bid to escape.

Union Gen. Thomas Morris' brigade gave chase. Slowed by muddy roads and river crossings, Gen. Garnett's army made a gallant stand to rescue their wagons less than on mile south on Shavers Fork.

Breaking off the fight, they retreated downstream to nearby Corricks Ford, where Garnett was killed on July 13, 1861 - the first Civil War general to fall. His Confederates fled in disarray to Highland County, Virginia. Events here made Gen. McClellan a national hero and bolstered West Virginia statehood in 1863.

Topics and series. This historical marker is listed in this topic list: War, US Civil. In addition, it is included in the Battlefield Trails - Civil War series list. A significant historical month for this entry is June 1861.

Localização. 39° 5.391′ N, 79° 40.832′ W. Marker is in Parsons, West Virginia, in Tucker County. Marker is on Poplar Street, on the right when traveling south. Located in the parking area for the Corricks Ford Battlefield Park. Toque para ver o mapa. Marker is in this post office area: Parsons WV 26287, United States of America. Toque para obter instruções.

Outros marcadores próximos. At least 8 other markers are within walking distance of this marker. Clash at Corricks Ford (about 400 feet away, measured in a direct line) The Corrick House (approx. 0.2 miles away) Corricks Ford (approx. 0.2 miles away) a different marker also named Corricks Ford Battlefield (approx. mile away) This Stone Commemorates the Battle of Corricks Ford (approx. mile away) a different marker also named Corrick's Ford (approx. mile away) a different marker also named Corricks Ford Battlefield (approx. mile away) Historic Western Maryland Railway Depot / Parsons Railroad Depot (approx. 0.4 miles away). Touch for a list and map of all markers in Parsons.

More about this marker. In the upper portion of the marker are portraits of Gen. Garnett and McClellan. Also in the upper center is a campaign map indicating the routes taken by the Confederates in retreat and the Federals in pursuit, bringing them to Corrick's Ford. In the lower portion of the marker is a map showing the key points in the battlefield park, titled Corricks Ford Battlefield Master Plan.

Related markers. Click here for a list of markers that are related to this marker. Corricks Ford Battlefield by Markers


Maj. Gen. George B. McClellan assumed command of Union forces in western Virginia in June 1861. On June 27, he moved his divisions from Clarksburg south against Lt. Col. John Pegram's Confederates, reaching the vicinity of Rich Mountain on July 9. Meanwhile, Brig. Gen. Thomas A. Morris's Union brigade marched from Philippi to confront Brig. Gen. Robert S. Garnett's command at Laurel Hill. On July 10–11, Brig. Gen. William Rosecrans led a reinforced brigade by a mountain path to seize the Staunton-Parkersburg Turnpike in Pegram's rear. [1]

Edição de União

Edição Confederada

A sharp two-hour fight ensued in which the Confederates were split in two. Half escaped to Beverly and on over the Shawnee Trail, but Pegram and the others (including the "Sydney Boys", a regiment formed from the students of Hampden-Sydney College) surrendered on July 13.

Hearing of Pegram's defeat, Garnett abandoned Laurel Hill. The Federals pursued, and, during fighting at Corrick's Ford on July 13, Garnett was killed he was the first general officer to be killed in the war. [3] On July 22, McClellan was ordered to Washington, and Rosecrans assumed command of Union forces in western Virginia. The Union victory at Rich Mountain was instrumental in propelling McClellan to command of the Army of the Potomac. [1]

The battlefield and Camp Garnett today are owned and protected by the Rich Mountain Battlefield Foundation. [4] The Civil War Trust (a division of the American Battlefield Trust) and its partners, including the foundation, have acquired and preserved 57 acres (0.23 km 2 ) of the battlefield. [5]


Garnett, Robert S. (1819–1861)

Robert S. Garnett was a brigadier general in the Confederate army during the American Civil War (1861–1865). An 1841 graduate of the United States Military Academy at West Point, he had a distinguished career in the United States Army, including service in the Mexican War (1846–1848), when he was an advisor to the Virginia-born general and later U.S. president Zachary Taylor. Garnett also designed the Great Seal of the State of California. After resigning from the Army to join the Confederacy, Garnett led Confederate troops on July 13, 1861, at the Battle of Corrick’s Ford in what is now West Virginia . During the closing phases of that engagement, Garnett was shot and killed, becoming the first Confederate general killed during the Civil War.

Robert Selden Garnett was born December 16, 1819, on the family plantation Champlain (also known as Font Hill) in Essex County, Virginia. He was one of seven children born to Robert Selden Garnett Sr. and Olympia Charlotte DeGouges Garnett. Robert was a cousin of Richard Brooke Garnett , who also became a Confederate general and died during Pickett’s Charge at the Battle of Gettysburg (1863). Robert Garnett Jr. attended the Norfolk Academy, where he concentrated on engineering, drawing, and horsemanship. He entered the U.S. Military Academy at West Point, New York, on September 1, 1837. He graduated on July 1, 1841, ranked twenty-seventh in a class of fifty-two cadets. Garnett received a commission as brevet second lieutenant in the 4th United States Artillery and soon reported to Company G of that regiment, then located near the Canadian border. On January 31, 1842, he received promotion to the rank of second lieutenant.

Although still a relatively inexperienced officer, Garnett received an appointment on July 5, 1843, as assistant instructor of infantry tactics at West Point. He held that position until October 17, 1844, when he resigned and became a recruiter. Garnett joined the staff of Brigadier General John E. Wool on January 1, 1845, at Troy, New York, and served in this capacity until September 30. At that time, he went to Fort Monroe, Virginia, and rejoined the 4th U.S. Artillery. With the regiment, Garnett went to Aransas Bay, Texas. He soon became a part of Major General Zachary Taylor’s Army of Occupation at Corpus Christi and served as adjutant for the Artillery Battalion. Garnett participated in the Battles of Palo Alto and Resaca de la Palma on May 8 and 9, 1846. Taylor named him as one of his aides-de-camp on June 29, and Garnett received promotion to the rank of first lieutenant on August 18. He distinguished himself in the Battles of Monterey (September 21–23, 1846) and Buena Vista (February 22–23, 1847). As a result, Garnett was brevetted captain and then major.

Taylor left Mexico for New Orleans, Louisiana, on November 26, 1847, and he reached his home in Baton Rouge on December 5. Garnett appears to have accompanied the general on this trip. On August 31, 1848, Garnett received a transfer to the 7th United States Infantry Regiment, though he continued to act as something of a military advisor to Taylor. Having been elected president of the United States in November 1848, Taylor resigned from the army on January 31, 1849. During the spring of that year, Garnett carried dispatches to San Francisco for General Persifor F. Smith, military governor of California. During this trip, Garnett sketched a design that was later adopted as the Great Seal of the State of California.

Garnett’s association with Taylor ended with the president’s death in July 1850. He received orders from the secretary of war later in the year to escort a group of nearly one hundred Seminole Indians from Florida to the Indian Territory. After his return to the East, Garnett began serving as a member of the Board to Revise the Uniform Dress of the Army at Washington, D.C. He received promotion to the rank of captain in the 7th Infantry on March 9, 1851. Later in the year, Garnett went on frontier duty at Corpus Christi and then at Ringgold Barracks in Texas.

Colonel Robert E. Lee , superintendent of the U.S. Military Academy, recommended Garnett as commandant of cadets and instructor of infantry tactics at West Point. Garnett assumed that position on November 1, 1852. U.S. secretary of war Jefferson Davis dismissed Garnett from this post on July 31, 1854. Garnett then returned to Fort Monroe . Promoted to captain of the 1st United States Cavalry on March 3, 1855, Garnett saw little service in that capacity, because on March 27, he was appointed major of the newly reconstituted 9th United States Infantry.

Garnett went with his regiment to Fort Steilacoom in the Washington Territory. In August 1856, he supervised the construction Fort Simcoe. Garnett returned to the East in November and married Marianna E. Nelson of Boston, Massachusetts, on January 24, 1857. A son, Arthur Nelson, was born to the couple in February 1858 after they returned to Fort Simcoe. Marianna and Arthur died of fever on September 17 and 23, respectively. Garnett took the bodies to New York, where they were buried in Green-Wood Cemetery in Brooklyn. He then went on a leave of absence in Europe that lasted until March 1861.

After the Virginia Convention adopted the Ordinance of Secession on April 17, 1861, Garnett resigned from the United States Army. The resignation was accepted on April 30, 1861. Robert E. Lee, then commanding Virginia’s Provisional Army, recommended that Garnett be promoted to colonel and named adjutant general. Governor John Letcher did so on April 25. Appointed brigadier general in the Confederate army on June 6, Garnett went to Staunton to assume command of the Department of Northwestern Virginia. He had as his mission to prevent further Union incursions and to protect the vital rail lines and turnpikes in the region. On July 13, his forces engaged Union troops in the Battle of Corrick’s Ford. The Confederates were forced to retreat, and Garnett remained near his rear guard. A Union bullet soon hit him in the back and mortally wounded him, making him the first Confederate general killed in the Civil War. The Union troops who found his body had it transferred to his family in Baltimore. On August 28, 1865, his remains were interred next to those of his wife and son in Green-Wood Cemetery.


Assista o vídeo: KA 2005 (Pode 2022).


Comentários:

  1. Banan

    Parece que vai se aproximar.

  2. Agilberht

    muito boa ideia

  3. Whitford

    Na minha opinião, já foi discutido, aproveite a pesquisa.

  4. Lamond

    Peço desculpas, mas não vem no meu caminho. Quem mais pode dizer o quê?

  5. Berke

    Peço desculpas, há uma proposta de seguir um caminho diferente.



Escreve uma mensagem